ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza

» – Notícias

12.11.18

A volta de Chico Mendes: a sabedoria de gerações

Após 30 anos da partida de uma das lideranças mais importantes para a proteção socioambiental, antigas e novas gerações se encontram em Brasília para fortalecerem ações futuras e coletivas.

Seringueiros, agricultores, geraizeiros, indígenas e tantos outros povos e comunidades tradicionais traduzem como o extrativismo promove a conservação ambiental defendida por Chico Mendes ao longo de sua história. Assim, entre os dias 6 e 7 de novembro, antigas e novas gerações desses povos se encontraram no Seminário Nacional da Juventude Extrativista do Conselho Nacional dos Seringueiros (CNS), em Brasília. O CNS, que hoje converge povos de diferentes regiões do Brasil, é um dos protagonistas na defesa dos territórios tradicionais, protegendo meios de vida sustentáveis. Com o Seminário, o Conselho resgata, por meio de lideranças comunitárias antigas, a história de Chico visando fortalecer a continuidade da luta dos trabalhadores e das trabalhadoras rurais por meio do protagonismo da juventude.

Leia mais . Read more »

8.11.18

Raimunda do Coco, uma memória coletiva

O que faz alguém ser memória coletiva? Talvez a resposta esteja na trajetória da quebradeira de coco Raimunda Gomes da Silva, que faleceu ontem, aos 78 anos. Conhecida como Raimunda do Coco, sua história se traduz na luta pelos direitos das mulheres rurais do município do Bico do Papagaio (TO). Como uma das fundadoras do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) e integrante da Associação Regional de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Bico do Papagaio (ASMUBIP), sua atuação virou referência nacional e internacional para todas e todos que desenham a liberdade nas bases comunitárias. Em 2009, recebeu o título de Doutora Honoris Causa da Universidade Federal do Tocantins, além de prêmios como o Diploma Mulher-Cidadã Guilhermina Ribeira da Silva (Assembleia Legislativa do Tocantins) e o Diploma Bertha Lutz (Senado Federal). Raimunda ainda ultrapassou as fronteiras brasileiras e chegou à China, Estados Unidos, França e Canadá, além de ser indicada ao Prêmio Nobel da Paz.

Leia mais . Read more »

6.11.18

“O estado de presença é o começo para a prevenção e os cuidados na saúde indígena”

“Prevenir é o melhor caminho. Tivemos grandes perdas na nossa aldeia por causa do câncer. Esse momento é importante, que possamos levar mais e mais informações para os nossos parentes nas demais aldeias também”, reforçou o cacique Bruno Caragiu Guajajara durante a culminância das campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul. O evento aconteceu no último dia 05 deste mês na Aldeia Januária, município de Bom Jardim (MA), no âmbito do Plano Básico Ambiental –  Componente Indígena (PBA-CI), por meio do Subprograma Saúde, em parceria com a Vale S/A. A atividade teve a organização também da Secretaria Especial de Atenção à Saúde Indígena e o Ministério da Saúde (Sesai).

Na programação do evento, aconteceram palestras, dinâmicas e exibição de vídeos educativos voltados para orientações e conscientização da importância da prevenção do câncer de colo do útero, mama e próstata. Ainda foram realizados exames preventivos, vacinação e atendimento odontológico.

Para a jovem indígena e estudante de enfermagem, Taynara Caragiu Guajajara, os cuidados são muito importantes, pois a prevenção ainda é o melhor remédio. “Nós, mulheres indígenas, valorizamos o conhecimento repassados por toda a equipe do posto de saúde, claro não deixando também de utilizar os nossos métodos preventivos e curativos de nossa medicina Guajajara. É de suma importância pra nós mulheres indígenas usarmos medicina ocidental e medicina indígena como aliada, assim proporcionando fortalecimento da prática preventiva”, enfatizou.

“O estado de presença pode ser o começo para a prevenção e os cuidados na saúde indígena. É exatamente ter consciência do ser. A pessoa deve estar conectada com seus pensamentos e seu corpo físico. É o equilíbrio entre mente e espírito. E isso reflete na saúde”, falou a enfermeira obstetra e professora do Instituto Federal de Educação do Maranhão, Solange Sousa, durante o evento.

“Quando paramos para observar nossos hábitos, percebemos também a nossa existência, a nossa realidade”. Estamos perdendo a noção de viver o momento presente. Nesse sentido, o cuidado e o sentir a respiração são fundamentais também.  Muitas vezes, fazemos projeção para o passado ou futuro, por isso que estamos perdemos a essência de ser humano. Ou seja, da importância de olhar no olho, de se enxergar no outro, de cuidado consigo mesmo, perceber nosso corpo. Quando nossa boca cala, os órgãos falam”, explicou Solange Sousa.

PBA-CI – É parte integrante do processo de licenciamento ambiental referente ao empreendimento Estrada de Ferro Carajás (EFC) – Componente Indígenas em operação pela Vale S.A. voltado aos povos Awá e Guajajara das Terras Indígenas Caru e Rio Pindaré no Maranhão. Está estruturado a partir de dois componentes (Awá e Guajajara), em execução pelo ISPN, e que estão organizados em cinco subprogramas: Proteção Territorial; Fortalecimento Cultural; Fortalecimento Institucional; Etnodesenvolvimento; e Saúde.

5.11.18

Povos do Cerrado se reúnem em Brasília para debater direitos territoriais

Por assessoria de comunicação da Rede Cerrado. 

Oficina reunirá representantes de povos e comunidades tradicionais, do Conselho Nacional de PCTs, dos Ministérios Público Federal ede Direitos Humanos e de organizações da sociedade civil. 

Somente em 2017*, foram registradas mais de 880 áreas em conflitos agrários no Brasil, 97 na Bahia e 180 no Maranhão. Dos 71 assassinatos no campo – o maior número registrado desde 2003 -, 11 eram quilombolas – 9 somente na Bahia – e seis indígenas. Além disso, 25 indígenas sofreram tentativas de assassinato, 21 somente no Maranhão, e 36 quilombolas – 31 no Maranhão – receberam ameaças de morte, além de 6 quebradeiras de coco – todas no Maranhão -, 4 camponeses de fundo e fecho de pasto, 3 extrativistas e 1 geraizeiro. As motivações? A maioria por disputa de terras e territórios.

Leia mais . Read more »

1.11.18

Granja coletiva é inaugurada em comunidade rural do Maranhão

Vocação local e a busca da permanência do jovem no campo fizeram o povoado de São Vicente, no município de Igarapé do Meio (MA), apostar na criação de galinhas como estratégia para geração de renda e inclusão da juventude na comunidade. Nesse sentido, no último dia 24/10, a localidade inaugurou uma Granja Comunitária Familiar. A iniciativa é fruto do Programa de Apoio a Comunidades Tradicionais (PACT), que é executado pelo ISPN em parceria com a Vale.

Leia mais . Read more »

19.10.18

Desvalorizar o meio ambiente é um risco para todo brasileiro

Confira a carta conjunta assinada por diversas organizações socioambientais da sociedade civil em defesa do Meio Ambiente no atual cenário político brasileiro.

Nota Conjunta sobre propostas Meio Ambiente .

17.10.18

Pelo ativismo, pela liberdade e pela democracia

O ISPN e mais quase três mil organizações da sociedade civil assinaram uma carta de repúdio às declarações do candidato do PSL à Presidência da República sobre o fim do ativismo no Brasil. Além disto, outras afirmações do então presidenciável colocam em risco um conjunto de questões que acreditamos e defendemos – e que estão intrinsecamente ligadas a nossa atuação e missão institucional, como a democracia, a liberdade, o licenciamento ambiental, os direitos de povos indígenas e comunidades tradicionais, e a garantia de um desenvolvimento sustentável.

O ativismo e o trabalho das Organizações Não Governamentais (ONG’s) são essenciais para a garantia do bem-estar e justiça social no Brasil. Cogitar o fim desses setores, como defende o então candidato, é retroceder anos de lutas e conquistas de direitos. Da mesma forma, o respeito aos direitos humanos, enaltecido em todo país desenvolvido do mundo, precisa prosseguir e ser valorizado, devendo estar presente em marcos legais e políticas públicas do Estado.

Leia mais . Read more »

Próxima Página . Next Page»

TFCA - Tropical Forest Conservation ActFundo AmazôniaPNUD - Programa das Naes Unidas para o DesenvolvimentoGEF
ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza »Fazer login » Intranet
SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38, CEP 70.750-515 Brasília - DF . Fone/Fax: (61) 3327-8085
DoDesign-s Design & Marketing