ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza

» Documentos

7.04.15

Projeto GATI e ISPN lançam edital de apoio a Pequenos Projetos Indígenas (PPP-GATI)

 
Foto PPP GATI

O Instituto Sociedade, População e Natureza e o Projeto Gestão Ambiental e Territorial Indígena (GATI) lançam hoje, 07/04,  edital para contratação de pequenos projetos indígenas, no âmbito do Programa de Pequenos Projetos de Gestão Ambiental e Territorial Indígena, o PPP-GATI, com recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente Mundial (GEF).

O objetivo do edital é apoiar propostas que promovam ações de conservação da biodiversidade, bem como a melhoria da qualidade de vida dos povos indígenas, nas 32 terras indígenas que compõe as áreas de referencia do Projeto Gestão Ambiental e Territorial Indígena-GATI. A iniciativa é fruto da celebração de Carta Acordo entre o Projeto GATI/Fundação Nacional do Índio (Funai), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o ISPN. Leia mais . Read more »

11.02.15

PPP-ECOS lança novo edital para apoio a projetos no Cerrado e na Caatinga

056.redimensionado

Instituto Sociedade, População e Natureza lança o primeiro edital de 2015 do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais – PPP-ECOS para apoio a projetos de organizações de base comunitária e organizações não-governamentais.

Com recursos do Fundo para o Meio Ambiente Mundial (GEF), com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o 22º edital do PPP-ECOS visa apoiar projetos nos biomas Cerrado e Caatinga.

Os recursos previstos para o presente edital somam US$ 1.070.000,00 (hum milhão e setenta mil dólares), valor correspondente a R$ 2.675.000,00 (dois milhões, seiscentos e setenta e cinco mil reais) a serem repassados às organizações. São duas categorias de apoio a projetos: Pequenos Projetos de até US$ 35.000,00 (R$ 87.500,00) para o apoio a organizações de base comunitária, contemplando inclusive aquelas com pouca experiência na gestão de projetos e Projetos de Consolidação de até US$ 50.000,00 (R$ 125.000,00) para beneficiar organizações que já possuem experiência ou projeto com resultados e impactos positivos comprovados e que possam ampliar a escala de sua atuação, podendo ser replicados em outras comunidades.

O prazo para envio das propostas é até dia 3 de abril de 2015.

* Atualização: devido ao feriado no dia 3 de abril, informamos que excepcionalmente aceitaremos propostas postadas até o dia 6 de abril, segunda-feira.

Para conhecer os detalhes do edital clique aqui.

Para acessar o roteiro para elaboração de projeto clique aqui.

Para auxiliar a elaboração do orçamento, disponibilizamos uma planilha de memória de cálculo (material de apoio). Para baixá-la clique aqui.

 

 

1.12.14

ISPN divulga lista de projetos aprovados no 20º edital do PPP-ECOS

011© Bento Viana - ISPN © 2012__B122522.redimensionado

É com satisfação que o ISPN divulga os 21 projetos selecionados no 20º edital do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais, com recursos do Fundo Amazônia/BNDES.

As propostas escolhidas beneficiarão comunidades indígenas, quilombolas, agricultores familiares e assentados de reforma agrária de 3 estados do Arco do Desmatamento no bioma Amazônia.

Clique aqui e confira a lista dos 21 projetos selecionados.

20.11.14

Revista Policy in Focus faz análise sobre o desenvolvimento humano sem desmatamento

CERRADO

A mais recente edição da revista Policy in Focus, intitulada Desenvolvimento sem Desmatamento, traz uma série de artigos que buscam discutir a promoção do desenvolvimento humano preservando, simultaneamente, as florestas do Sul Global. A revista é editada pelo IPC-IG (International Policy Centre for Inclusive Growth), um fórum global de diálogo Sul-Sul conduzido por uma parceria entre o PNUD e o governo brasileiro.

A edição atual da revista explora o trabalho do PNUD e GEF, onde se enquadra o Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS), coordenado pelo ISPN. Donald Sawyer, assessor sênior do Instituto, publicou um artigo entitulado “Comercialização de Produtos Agroextrativistas: Problemas e Soluções”, onde traz análises e recomendações baseados na experiência de 20 anos do PPP-ECOS com o financiamento de pequenos projetos nos biomas Cerrado e Caatinga.

Para acessar a íntegra da revista, clique nos links: portuguêsinglês.

20.08.14

ISPN apoia carta aberta a favor da produção artesanal, familiar e comunitária

 

No dia 15 de agosto de 2014, organizações da sociedade civil apresentaram  uma série de reivindicações à Agência Nacional de Vigilância Sanitária  (ANVISA), durante reunião pública da Diretoria Colegiada (DICOL/ANVISA). Nesta oportunidade foi lida e entregue uma carta a favor da racionalização dos procedimentos para regularização sanitária dos empreendimentos artesanais, familiares e comunitários e da promoção da alimentação saudável.

 

Clique aqui para acessar a carta

 

Para manifestar apoio e subscrever a carta, envie email para rodrigo@ispn.org.br

 

 

21.07.14

ISPN divulga lista de projetos aprovados no 19º edital do PPP-ECOS

_VF_8674

No último dia 18 de julho o Comitê Gestor Nacional (CGN) se reuniu em Brasília e selecionou 24 projetos submetidos ao 19º edital do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais, com recursos do GEF.

As propostas escolhidas beneficiarão comunidades indígenas, quilombolas, geraizeiras, agricultores familiares e assentados de reforma agrária de 11 estados dos biomas Cerrado e Caatinga.

Clique aqui e confira a lista dos 24 projetos selecionados.

 

8.07.14

Produtos Sustentáveis da Biodiversidade Brasileira: gestão, mercados e políticas públicas

_VF_7269

O seminário foi promovido pelo Centro de Gestão da Informação e do Conhecimento para um Futuro Sustentável (A Casa Verde) em parceria com o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN) e Amigos da Terra – Amazônia Brasileira. Teve apoio do Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS), do PNUD e da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O PPP-ECOS recebe apoio do Fundo para o Meio Ambiente Mundial (GEF), por meio do PNUD, e da Comissão Européia. Uma vez que a gravação do seminário foi roubada da empresa responsável, este documento foi elaborado a partir das anotações de Divani Ferreira de Souza, com revisão de Luis Carrazza e Heliane Carvalho. Os pontos de vista aqui registrados não representam necessariamente aqueles das fontes de apoio financeiro ou institucional.

Previamente à realização do seminário, foi elaborado um documento para discussão, denominado Plano de Ação do Extrativismo (PLANEX). Seguindo o formato da Agenda 21, o plano divide-se em base de ação, objetivos e ações. Espera-se que a proposta que consta do capítulo 5 deste relatório seja oportunamente reformulada levando em conta discussões em eventos e contribuições pontuais, individuais e/ou coletivas, apresentadas ao ISPN, responsável pelas atualizações do documento. Nota-se que a proposta restringe-se à produção agroextrativista familiar ou comunitária em pequena escala.

Participaram do evento cerca de 60 pessoas, entre membros de comunidades, produtores, técnicos, governos e demais organizações que trabalham com produtos sustentáveis da biodiversidade brasileira em diversos estados do Brasil, principalmente representantes de entidades dos biomas Cerrado e Caatinga, que recebem apoio do GEF por intermédio do PNUD. A geração de conhecimento por meio de prática com comunidades rurais e de processos participativos, que é possibilitada pelo crescimento e amadurecimento de organizações não governamentais e de base comunitária, constitui ou contribui para novas metodologias de pesquisa dentro e fora da academia.

Para ler o artigo na sua íntegra, acesse o pdf.

 

«Página anterior . Previous Page Próxima Página . Next Page»

TFCA - Tropical Forest Conservation ActFundo AmazôniaPNUD - Programa das Naes Unidas para o DesenvolvimentoGEF
ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza »Fazer login » Intranet
SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38, CEP 70.750-515 Brasília - DF . Fone/Fax: (61) 3327-8085
DoDesign-s Design & Marketing